OS- Instalando Arch Linux no Raspberry pi 2 & 3- Guia iniciante básico – parte I.

archlinux-vertical

Meus GRANDES AMIGOS  , tudo na santa paz? É esse começo de ano, promete viu , muitas novidades no ar ….

E nada como começar o ano com um novo Sistema Operacional  nas nossas plaquinhas, e o escolhido do momento foi o Arch Linux.

O Arch (para os íntimos) foi inicialmente desenvolvido por um canadense e guitarista amador o Judd Vinet (J.V), tendo a sua primeira versão lançada em 11 de março de 2011(dados oficiais www.archlinux.org). O sistema foi inspirado pelo Slackware(outra versão gnu-linux), BSD ,PLD linux e CRUX. Naquela época a instalação de aplicativos (programas de computador) era toda realizada no “braço” e foi ai que o nosso jovem guitarrista Judd V, teve a grande sacada de criar um gerenciador para instalar, remover e atualizar o sistema. Depois disso tudo J.V resolveu tocar uma guitarra e passou a bola pro Aaron Griffi, programador americano que faz a curadoria do Arch até os dias de hoje, amém.

O Arch Linux é muito poderoso pois com ele você pode configurar o seu sistemas para tarefas específicas como apenas ligar um led, servidor de e-mail, ou mesmo um completo Desktop. O Arch pode ser todo personalizado sendo o céu o limite. Pra mim e grande maioria de seus usuários a grande força do Arch esta na sua comunidade que é bem ativa e consegue resolver praticamente todos os pepinos em um tempo hábil. Além disso tudo o pacman (gerenciador de pacotes) é muito bom.

Por ser totalmente personalizável o Arch Linux consegue rodar em praticamente qualquer hardware.

Bom vamos então começar meninas e meninos.

Segue abaixo a receitinha de como fazer a instalação do Arch Linux , utilizando o Ubuntu ou outra versão do Linux que já tiver instalada ai no teu pc e também como fazer o procedimento no Windows ( MICRO$OFT).

Usuários Windows .

1- Instalar o USBwriter ou o Win32 Disk

2- Fazer o Download da Imagem do Arch Linux para o seu Raspberry Pi (Imagem é a mesma para o Rasp 2 e 3).

Link Download Raspberry Pi – 2 e 3

Ps: Apesar da raspberry pi 3 ter uma arquitetura nativa de 64 bits com seu processador quad-core Cortex A-53 ela só tem 1gb de ram sendo inferior ao necessário de 4gb pra utilizar todo esse poder que um quad-core A-53 produz. Mas caso meu amiguinho seja fã de um sistema 64 bits aqui vai um LINK pra você ( não recomendo esse link de jeito nenhum).

3- Formate adequadamente seu cartão de memória utilizando fat32. O ideal é usar um cartão de 8gb mas acima de 2 gb o ArchLinux já roda de boa.

4-  Execute o USBwriter ou Win32Disk e instale a imagem no seu cartão de memória.

5- Insira seu cartão sd no Raspberry Pi , aplique 5v de potência(liga a fonte na tomada), ligue o cabo de rede e seja feliz

6- Usuários e senhas, por princípio o Arch Linux vem com dois usuários o nosso querido root e o alarm, segue abaixo :

Usuario = alarm         Usuário = root

Senha = alarm            Senha = root

Bom se você meu amigo achou fácil e seguiu direitinho esse tutorial não terá problemas em rodar seu ArchLinux no modo TXT.

-Peraí, Tio? Texto?

-Sim meus amigos o ArchLinux não vem com interface gráfica instalada, cabendo a você SUPER AMIGO, a configuração e instalação.

– Mas não se desespere o nosso próximo post será sobre isso .Aguarde.

 

Usuários Linux.

Opa meu amigo usuário Gnu-Linux. Segue o super tutorial de como fazer a instalação no Raspberry Pi 2 e 3 pra vocês aqui embaixo.

1- Plugue  o cartão de memória a ser instalado o Arch Linux

2- Abra o terminal, se estiver usando o Ubuntu use a tecla de atalho CTRL+ALT+T.

3- Ache o seu cartão de memória com o comando.

\> lslbk ( seu cartão sd deve aparecer lá).

4- Inicie o fdisk

\> fdisk /dev/sdX (X substitua pelas informações obtidas no comando anterior , onde X é seu cartão SD, muito cuidado para não fazer bagunçinha com seu hd viu …)

4.1- Dentro ainda do fdisk digitem os seguintes comandos, nessa ordem:

Digite o .(Apaga tudo que estiver no cartão Sd)

Digite p .(Lista as partições,apenas pra confirmar que apagou tudo…)

Digite n .(nova partição, irá aparecer um menu). Digite p depois 1 e pressione ENTER para aceitar o DEFAULT e então digite

     +100M como último sector do disco.

Digite t, depois c (primeira partição irá virar W95 FAT 32 (LBA)).

Digite n, depois p para partição primária , 2 para segunda partição e aperte ENTER duas vezes para default e last sector.

Digite w (escreve todos esses comandos no cartão sd e sai do fdisk).

5- Criando e montando as partições

Agora vamos criar as partições na continuação da preparação do nosso cartão sd, seguem os comandos:

\> mkfs.vfat /dev/sdX1 (partição de boot)

 \> mkdir boot

 \> mount /dev/sdX1 boot

\> mkfs.ext4 /dev/sdX2

\> mkdir root

 \> mount /dev/sdX2 root

6- Faça o download do Arch Linux como usuário root , use o comando sudo su e :

\> wget http://os.archlinuxarm.org/os/ArchLinuxARM-rpi-2-latest.tar.gz

7- Descompacte o arquivo usando o bsdtar ou outro como o tar para o o diretório root que foi criado anteriormente.

\> bsdtar -xpf ArchLinuxARM-rpi-2-latest.tar.gz -C root

8- Sincronização

\> sync

9- Mover o diretório boot para a primeira partição

\> mv root/boot/* boot

10- Desmontar as duas partições

\> umount boot root

11- Insera o cartão SD no Raspberry Pi , conecte o cabo ethernet e aplica 5V de potência

Usuário = root        Senha = root

Usuário = alarm     Senha = alarm

Ps: Caso queira ler em inglês , todo esse tutorial pode ser encontrado aqui também no LINK

Galera esse é tutorial mais ou menos avançadinho e apenas trás a parte básica de instalação do Arch Linux no Raspberry Pi 2 & 3, na segunda parte vamos instalar e configurar o ambiente do Arch Linux.

 

 

Que tal nos encontrar no SeuTubo para ver dicas, tutoriais e Reviews de placas? Canal Sistemas Embarcados

Que tal na página do Facebook?

Ou Instagram?

Quem sabe Google Plus?

Conheça também nossos grupos do Facebook:

Forte abraço e até o próximo embarcado.

 

 

 

Related Post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *